Skip to content

Vencedores de 2021

Jovens de 8 a 18 anos de todo o mundo participaram da edição "do your :bit" 2021. Eles apresentaram soluções incríveis e inovadoras, criadas para atingir os Objetivos Globais e resolveram problemas enfrentados pelo mundo. 

Nossos juízes escolheram vencedores de seis regiões globais: África, Ásia e o Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio e a América do Norte, nas três categorias de desafio. Saiba mais a respeito dos vencedores, dos vice-campeões e de suas inscrições logo abaixo.

Para ver mais sobre os projetos vencedores, incluindo vídeos e fotos adicionais, leia os artigos de notícias de setembro (2021) aqui

Soluções micro:bit — jovens de 8 a 14 anos

Nesta categoria, estes jovens foram desafiados a criar um projeto e desenvolver uma solução usando o micro:bit.

África

Nigéria

Marvelous criou e programou uma incrível solução tecnológica para ajudar na prevenção de sequestros. Ele estava preocupado com os incidentes ocorridos na África. Por isso, Marvelous projetou, construiu e testou um dispositivo que poderia ajudar, o qual usa um transmissor e um receptor para enviar pedidos de socorro de modo a alertar os pais do perigo.

Um garoto segurando as duas partes do dispositivo

Marvelous mostrando seu dispositivo antissequestro.

Ásia e Pacífico

Taiwan

Cheng-En, Ko-Hsin e Zi Qing perceberam que as rápidas mudanças climáticas estavam contribuindo para elevar os níveis dos rios, colocando em perigo as aves, que, anteriormente, dependiam do rio para os seus habitats. Usando o micro:bit, o sensor do Best birds guardian (O melhor guardião das aves) detecta a elevação das águas e puxa o ninho do pássaro para um lugar a salvo na margem do rio.

Cheng-en, Ko-Hsin, Zi Qing e a criação do modelo micro:bit deles em ação

China

Jingyu Xiao gostava de ver paredes de plantas em sua cidade, mas queria protegê-las dos frequentes tufões que as atingiam. Ele criou um muro inteligente que poderia se retrair e estender automaticamente conforme a previsão do tempo. Ele também adicionou um sensor de umidade do solo para garantir que o muro de plantas fosse regado adequadamente.

Jingyu Xiao trabalhando em sua criação micro:bit

Europa

Itália

Theo, Harry e Timofei queriam criar um painel solar eficiente e acessível para tornar a energia reutilizável mais atraente. O painel solar deles, por meio dos sensores de luz e servos do micro:bit, se move para ficar sempre de frente para o sol, melhorando a produtividade e eficiência.

Theo e Harry exibindo seu painel solar móvel micro:bit.

América Latina

Costa Rica

Arieh e Samuel construíram um protótipo no intuito de alcançar o Objetivo Global 13: Ação contra a mudança global do clima. Juntos, eles criaram um barco elétrico impresso em 3D. Foram criados 2 protótipos, que foram testados na água antes de escolherem os elementos mais efetivos de cada um para seu projeto final.

Samuel e Arieh testando seu protótipo micro:bit na água

Oriente Médio

Iraque

Mustafa e Mand criaram a Angry Tree (Arvore Zangada), um dispositivo que monitora árvores e nos alerta sobre vários problemas, como solo seco, calor excessivo e tentativa de derrubada de árvores. Eles reconheceram a importância das árvores na luta contra as mudanças climáticas e criaram uma solução complexa para o problema da sua destruição.

Mustafa e Mand

América do Norte

Estado Unidos

Clara construiu o inovador Hermes: o sapato que carrega seu telefone enquanto você caminha. O calçado estimula as pessoas não só a se exercitarem e aumentarem a contagem de passos, como também, simultaneamente, carrega o telefone celular, o que gera energia renovável e melhora a saúde mental.

Clara testando o protótipo micro:bit do calçado Hermes

Estado Unidos

Kenna e Margot criaram um dispositivo de filtração portátil, dedicado a alcançar o Objetivo Global 6: Água potável e saneamento. A criação delas é um micro:bit que controla LEDs UV, que funcionam para esterilizar água potável. O dispositivo também é alimentado por energia solar: tornando-o acessível e portátil.

Kenna e Margot apresentando seu dispositivo portátil de filtração de água micro:bit

Protótipos em papel — jovens de 8 a 14 anos

Nesta categoria, pedimos aos jovens que criassem um protótipo de papel para explicarem suas ideias.

África

Nigéria

Rajunor, Theophania e Jinelle pensaram em uma solução para alertar as pessoas sobre mudanças ambientais que poderiam causar ataques de asma. A equipe descobriu que os pacientes de asma sofriam com maior intensidade nas estações mais nubladas. Foi daí que surgiu a ideia, a qual utiliza um sensor de temperatura e um sistema de alerta para resolver o problema.

Rajunor, Theophania e Jinelle

Ásia e o Pacífico

Austrália

Indiana queria ajudar seus familiares que tinham graves problemas de ansiedade. Ela criou a Total Relax: Massage box (Relaxamento total: Caixa massageadora), uma solução vestível que mede a frequência cardíaca e o lembra de relaxar.

Indiana exibindo a solução micro:bit Total Relax

Europa

Reino Unido

Brodie, Charley e Zoey criaram um protótipo de papel para o The Healthy micro:bit (O micro:bit Saudável). Este dispositivo te lembra de sair para tomar um pouco de ar fresco e obter vitamina D, a cada 90 minutos. A solução regista quanto tempo você esteve fora e sugere atividades das quais você poderia participar.

Diagrama da Brodie, Charley e Zoey exemplificando sua solução micro:bit

América Latina

Uruguai

Emily, Melanie e Valentina criaram um enorme modelo para ilustrar como sua ideia, um ambiente seguro para as abelhas, funcionaria. O dispositivo não só mede a temperatura e a umidade, mas também conta o número de visitas de abelhas.

O modelo enorme da Emily, Melanie e Valentina demonstrando sua criação

Oriente Médio

Líbano

Jana desenhou planos para uma máscara virtual reutilizável. Nossos juízes ficaram impressionados com a incrível criatividade e o pensamento inovador empregados por ela em seu projeto, cujo objetivo é resolver o grave problema do desperdício de máscaras descartáveis.

Jana mostrando sua ideia criativa: máscaras de rosto virtuais reutilizáveis

América do Norte

Estado Unidos

Zong foi inspirado pelos tentáculos em um polvo para criar e passar para o papel o seu protótipo de limpador de ralo maleável. Um micro:bit poderia controlar quatro motores que podem se mover delicadamente entre espaços difíceis. O dispositivo foi projetado para limpar ralos, mas Zong pensa que ele também poderia ser usado na cirurgia médica.

Zong Qu dos Estados Unidos

Zong e o design do seu protótipo

Soluções micro:bit — jovens de 15 a 18 anos

Jovens de 15 a 18 anos foram desafiados a projetar e implementar uma solução usando o micro:bit.

África

Tunísia

Ghassen criou uma solução inovadora que usa braile para permitir que pessoas com deficiência visual compartilhem mensagens de texto. A solução e o protótipo bem construídos impressionou os juízes da competição, pois são para pessoas que não poderiam realizar uma atividade que muitos de nós não valorizamos.

Ghassen exibindo sua criação de mensagens de texto usando braile no micro:bit

Ásia e Pacífico

Malásia

Ahmad, Mifzal e Muhammad inventaram um Analisador de Porcentagem de Oxigênio para detectar o desmatamento de uma maneira mais eficiente que usar imagens de satélite. Dois micro:bits são usados nesta criação: um deles é colocado na mata, ao passo que o outro fica com o guarda-florestal, que irá monitorar constantemente os níveis de oxigênio da floresta.

Ahmad, Mifzal e Muhammad trabalharam juntos a fim de criar uma solução micro:bit para impedir o desmatamento

Europa

Irlanda

Aoife e Emma construíram uma criação micro:bit para incentivar a atividade física e limitar o tempo que passamos em frente às telas. A ideia se chama Exercise is the key (Exercitar-se é a chave) e usa o acelerômetro micro:bit para recompensar a prática de atividade física com 15 minutos de tela. As meninas identificaram que o uso do micro:bit lhes permitia tornar a sua criação pequena e, portanto, mais prática para o usuário.

Emma e Aoife exibindo seu dispositivo micro:bit: “Exercitar-se é a chave”

América Latina

Uruguai

Sebastian queria criar algo para ajudar as pessoas a se manterem saudáveis e hidratadas. A Smart water bottle (Garrafa de água inteligente) usa micro:bits para duas funções. A primeira não só mede a intensidade da luz solar e te pede para se proteger do sol se os níveis estiverem acima do aceitável, mas também lembra você de beber água. A segunda verifica o nível de água em sua garrafa e emite lembretes de que você deve se hidratar.

Sebastian e sua garrafa de água inteligente

Oriente Médio

Líbano

Mahmoud e Yasmina trabalharam juntos para criar o G.A.N.T (Gas and Noise Trapper). O dispositivo protege as pessoas contra a poluição sonora e atmosférica. O invento usa sensores de som e de gases, que ficam conectados ao micro:bit para medir o nível de fumaça e ruído. Se níveis insalubres forem detectados, o micro:bit aciona um servo para fechar a janela.

Yasmina e Mahmoud apresentam sua invenção

Líbano

Ali desenvolveu uma fazenda de árvores automática em grande escala, cujo crescimento e manutenção são controlados por uma rede de micro:bits. Ele imaginou que a fazenda poderia ser utilizada para cultivar árvores, a fim de substituir as que foram perdidas em incêndios.

Ali projetou uma solução complexa para o seu protótipo que gerencia uma fazenda de árvores

América do Norte

Canadá

Alicia e Esmée criaram o Micro:Calm, um dispositivo micro:bit tudo em um que fornece aos usuários vários mecanismos adaptativos para lidar com a ansiedade. Nele estão inclusos um brinquedo do tipo fidget, um examinador emocional, uma caixa respiratória e um jogo. Elas esperavam que a solução pudesse ser utilizada por pessoas de qualquer idade, a qual visa alcançar o Objetivo Global 3: Saúde e bem-estar.

Alicia, em sua apresentação vencedora, apresenta o Micro:Calm

Esmee segura o desenho técnico da sua criação micro:bit

Outros finalistas

Protótipos em papel — jovens de 8 a 14 anos

África

Martha, Gift e Mary, Nigéria, criaram um sistema de alerta de mosquito que libera um inseticida.

Daniella e Victoria, Quênia, fizeram um sensor de distanciamento social para monitorar multidões durante a pandemia.

Ásia e Pacífico

Wan Ahmad Faris, Malásia, projetou uma fritadeira a óleo que mede a quantidade de óleo usada.

Sameen, Lowriance e Niva, Austrália, elaboraram um carro feito de folhas de eucaliptos para proteger os coalas contra incêndios florestais.

Europa

Sophie, Verity e Lilly, Reino Unido, inventaram a Shell Cam (Câmera Concha), um rastreador de vida selvagem camuflado e projetado para monitorar espécies ameaçadas de extinção.

Lily, Reino Unido, criou o Moody Bear (Ursinho Carinhoso), um urso que fornece mensagens positivas para ajudar pessoas que estão sofrendo de solidão.

Oriente Médio

Mustaff, Fatma e Deniz, Turquia, projetaram um sistema de iluminação solar para rodovias.

Dalal, Haya e Noura, Líbano, desenvolveram o The Para Feel (Os Paralíticos Sentem), que ajuda pessoas paralíticas a expressar seus sentimentos.

América do Norte

MiLeigh, EUA, criou o 'The Courage Creator' (O Encorajador) para ajudar as pessoas a cuidar da saúde mental.

Noah e Alexander, EUA, desenvolveram um drone voltado para entregas, a fim de ajudar na redução da quantidade de caminhões de entrega nas estradas.

Soluções micro:bit — jovens de 8 a 14 anos

África

Oumayma, Tunísia, propôs uma máscara facial que se move para cobrir a boca quando você espirra.

Mariem, Tunísia, apresentou o The Safe:bit cap (O chapéu Salvador), o qual evita que você adormeça enquanto dirige.

Ásia e Pacífico

Wu Tao, China, expôs o seu Smart Care Butler (Mordomo inteligente), um dispositivo voltado para ajudar idosos que vivem sozinhos.

Europa

Andrej e Nina, Eslováquia, elaboraram um dispositivo que recicla garrafas em troca de doces.

Adit, Reino Unido, desenvolveu um alerta de aldeia inteligente que não só avisa seus moradores a respeito de desastres naturais, mas também economiza energia desligando lâmpadas automaticamente.

América Latina

Hannah, Costa Rica, desenvolveu o Water to the Rescue, um dispositivo de economia de água que monitora por quanto tempo você a usa, em muitas atividades domésticas.

Rafael, Antonio e Vinicius, Brasil, criaram um contador de pessoas para evitar a superlotação em espaços públicos durante a pandemia.

Oriente Médio

Ali e o Mohammed, Bahrein, fizeram o Thermo hat (Chapéu termômetro), o qual monitora a temperatura e pede aos usuários que façam uma pausa para beber água quando estiver muito quente.

Amr, Arábia Saudita, apresentou o "micro:bit greenhouse" (micro:bit estufa), cuja função é cuidar de plantas e peixes.

América do Norte

Aidan, EUA, criou um medidor eletrônico de CO₂ para carros que mantém os motoristas informados acerca das emissões de carbono do veículo.

Soluções micro:bit — jovens de 15 a 18 anos

África

Farah, Tunísia, fez um colar micro:bit que monitora e desencoraja a balbúrdia.

Peace e Gracemary, Nigéria, conceberam um dispositivo micro:bit para detectar encanamentos entupidos e reduzir inundações.

Ásia e Pacífico

Chi Kei e Ho Tung, China, fizeram um verificador de encomendas inteligente que desinfecta seu conteúdo.

Yuxi e Yiyun, China desenvolveram um bastão de caminhada inteligente para ajudar pessoas com deficiências visuais.

Europa

Marius, Lituânia, elaborou um contentor automático capaz de fazer a triagem de lixo reciclável.

Emanuele e Barnabas, Hungria, fabricaram um contador micro:bit para mensurar as refeições destinadas a campos de refugiados.

América Latina

Miguel e Valentina, Colômbia, criaram um sistema de purificação de água micro:bit usando recursos acessíveis e fáceis de encontrar.

Felix, Peru, desenvolveu um curso de "slalom" (esqui alpino) para incentivar a prática de exercícios e usou o micro:bit para controlar a iluminação durante as aulas.

América do Norte

Victoria, EUA, criou a The Meat Machine (A Máquina de Carne), que pesa a quantidade de carne que você está consumindo.

Julia, EUA, concebeu um dispositivo micro:bit que monitora o tipo e a quantidade de peixes capturados.

Menção honrosa

Okorafor, Gladsome e Chibuike, Nigeria.

Esta equipe recebeu uma menção honrosa dos juízes "do your: bit", pois eles criaram um dispositivo cuja usabilidade no mundo real era absolutamente viável — segundo os julgadores. Okorafor, Gladsome e Chibuike criaram o Headcount micro:bit (Contador de cabeças) para ajudar a reduzir a superlotação.

Okorafor, Gladsome, Chibuike mostram a elaboração do projeto